domingo, 15 de junho de 2014

BLUES NOTEBOOK IS NOT A BLUE NOTE JAZZ !!!


Blues Notebook isn't a Blue Note jazz! Blues Notebook é um caderno triste. Apenas desenhos blues, tristes rabiscos roots pautados em papéis rotos. Como um velho blues de roucas vozes vindo de rotos corações. Somente um chiste triste!

MEU VARAL HETERONÍMICO

MEU VARAL HETERONÍMICO
(para Alexandre Lins, autor da foto)
Ah! Esse meu varal (carnaval) heteronímico!
Verdadeira varanda de vozes e lápis,
todos querendo expiar e ser vistos.
Vem o vento e varre o varal.
Outras vezes, veda ventanas.
Ainda assim, na ventania,
voam papéis e vozes viajam.
Sempre haverá olhos para papéis.
Sempre haverá ouvidos para músicas.
No meu varal repousam folhas rabiscadas.
O teu varal é pauta musical
onde pousam passarinhos cantores,
perfilados como notas musicais.
Da minha linha desgarra o meu grafite,
viajante em furtivas folhas sopradas.
Do teu cordel desponta o teu som,
surfando sublime em céu sinfônico.
Teu som, sopro divino.
Respiração ritmada de Deus.

terça-feira, 25 de setembro de 2012

AINDA SOBRE TOTENS...


E sobre música. Buscando uma imagem especialmente conformada para o verso do Totem anterior, só depois de estabelecido o vínculo temático é que me deixei escapar dos rigores da pauta original, como improvisado jazz, para experimentar novas possibilidades harmônicas para o formato totem. Deu nisso!. O Jazz Trio da composição gráfica: lápis de cor, photoshop e texturas. Incluído na série Estudos Sobre Toscos.

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

UM TOTEM PUXA OUTREM


Um desenho puxa outro! ...(re)pensando no formato totem, involuntariamente me deixei voltar ao assunto músicos. Uma sábia súplica da alma! O ponto de partida sentimental deixou de ser a cizânia. O ponto de partida gráfico deixou de ser o cinza. Apenas outro disparate gráfico de que me valho para estudar os efeitos do Photoshop sobre desenhos à lápis (desta feita, lápis de cor).

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

O CÃO E O TOTEM [an]


Um bloco de notas sem notas. Afinal, de que valem meus protocolos anotados??? Hachurados nervosos de alguém que espera ultrapassar os obstáculos do autoatendimento e conquistar, enfim, o direito a um ouvido humano para suas reclamações protocolares. Apenas um jeito de matar o tédio da luta de Kronos contra um SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) qualquer. O HOMEM-TOTEM, inexoravelmente plantado em sua condição, estratifica o tempo da espera no próprio ato da espera. Todo rabisco impaciente quer subverter essa escravidão e transformar o sentido do tempo. Além de um oculto desejo por um cão que espantasse a cizânia dessas horas. (Estudos do Photoshop sobre desenho à lápis).

sexta-feira, 1 de junho de 2012

SAMBA DO FAROL


Adoro rabiscos feitos quando se fala ao telefone. É como se a mão tivesse vida própria e ao final da conversa, tcharans!, aparece aquele "involuntário desenho". Generosamente salvo da lixeira, o desenho Samba do Farol emprestou suas linhas para um estudo da aplicação e mistura de texturas com filtros do Photoshop. Da série Estudos Sobre Toscos.

quarta-feira, 11 de abril de 2012

NINA REDIVIVA


Entre outras coisas, esse blog tem por finalidade vasculhar gavetas. Levantar a poeira de memórias gráficas perdidas, esquecidas. Acima, cuidei de reviver uma caricatura de 1999. Nina Simone rediviva: se bem que nunca deixou (deixará) de viver na ponta da agulha que passeia sobre o vinil ou no meu cd player.

segunda-feira, 2 de abril de 2012

OLD MASK EFFECTS


Outra velha máscara... outra velha ilustração feita com hidrocor para um infantil teatro de fantoches-com-palitinho. Uma antiga viagem de pai e filho. Uma viagem revisitada nos estudos do photoshop.

quarta-feira, 21 de março de 2012

O BAIXO TRISTE


A ilustração O Baixo Triste aplicada como papel de parede do meu computador. O desenho vai sempre à tela quando a tristeza bate à porta.

VOLTA E MEIA, OS MÚSICOS





Os músicos, sempre retornando à ponta do meu grafite. Aqui a ilustra d'O Baixo Triste numa versão "quase unplugged".

ANIMÁQUINA: TRANSFORMER DRAW


Uma velha brincadeira. Um pequeno despropósito imagético: uma caçada seduzida pela dubiedade transbordantemente presente na "animáquina". Desvendar as feras metálicas, modernas devoradoras de cotidianos (e vidas).

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Ferretti sobre velha Máscara-Granu


Interferência sobre velha ilustração digital. Experimentalismo utilizando multiprogramas de ilustrar.

sábado, 16 de outubro de 2010

Velho Freud


O momento me jogou prá remexer o velho baú. Em remota memória gráfica, uma antiga caricatura que fiz de Freud.

sexta-feira, 27 de março de 2009

Outros pássaros. Outros tempos.


Outra ilustração saída do Baú de Memórias.... retirada da parte um pouco mais alta da pilha, é bem verdade. Uma pequena distração onírico-infantil, eu diria.

segunda-feira, 9 de março de 2009

Retrato InomiNATO.


Apenas estudando sobre um desenho velho. De novo, somente o despropósito como impulso.

Retrato a quatro.


Um retrato em quatro tempos...

segunda-feira, 2 de março de 2009

Jazz Trio


Photoshop sobre pequena ilustração à lápis.

Jazz Trio: cru





O original, inteiramente cru.

Roots Guitar


Mais uma ilustra "malacabada": à procura de novas texturas.

Cool





Desenhar sem compromisso é como tocar jazz numa jam session.

Experimentando texturas


Experimentando novas texturas sobre velhos desenhos.

Sax com chiados do vinil


Deixar o desenho com "sujeiras" é como ouvir música num velho "bolachão".

Experimentando plataformas


O desenho Viajando de Navio é uma viagem particular sobre a aplicação de ilustrações em plataformas inusitadas.

Afrofunk




Desenhar músicos faz parte de uma confessável inveja que tenho daqueles que tocam um instrumento.

Zipperinno


Fantoche digital.... Webclips, Bomomo e Photoshop.

Papel de parede


Personalizando a área de trabalho.

Homem dançando...


Homem dançando à moda Millôr nasceu de uma caricatura-garatuja: pequenina ilustração feita com canetinha hidrocor durante um blá-blá-blá telefônico.

Pássaro-Espelho


Outra ilustração antiga: 2000. Explorando os recursos do software, a estamparia de uma toalha acabou se transformando em ornamento aviário.

domingo, 1 de março de 2009

Brincando com o Gabarito


Brincando com o Gabarito é uma ilustração-semente.

Campus Solaris


Campus Solaris é uma experiência por novos "sabores"... é uma ilutração-flor-quase-fruto vinda de uma outra, ilustração-semente, plantada no papel de forma inconsequente.

Cabeleira 70


Adoro cabeleiras dos anos 70 e a firmeza elegante de Panteras Negras.

Pajarito


Papel, Tesoura e Photoshop.

Alberta Hunter


Desenho de 1998. Simplicidade "roots" e uma tristeza "blues"...